Jiddu Krishnamurti responde a pergunta: Como viver em uma sociedade doente (imoral, corrupta, etc.)?

“Eu posso viver nesta sociedade doente? Imoral, corrupta e tudo mais, sem perder a honestidade comigo mesmo? Claro que pode! Então você terá que perguntar: “O que é a sociedade?” A sociedade está separada de mim? Ou eu mesmo sou a sociedade? Eu sou a sociedade, eu criei este monstro! Sou parte dele. A sociedade não é algo diferente de mim… certo? Então não se trata de mudar o círculo externo, as estruturas sociais, e todo o jogo político. Primeiro tenho que colocar minha casa em ordem. Minha casa. Profundamente em ordem. E então haverá ordem lá fora. Se eu, você e todos que estão escutando colocarmos primeiro nossa casa em ordem criaremos uma nova sociedade!”.

Jiddu Krishnamurti (Madanapalle, 11 de maio de 1895 — Ojai, 17 de fevereiro de 1986) foi um grande filósofo, escritor, e educador indiano. Proferiu discursos sobre revolução psicológica, meditação, conhecimento, liberdade, relações humanas, a natureza da mente, a origem do pensamento e a realização de mudanças positivas na sociedade global. Constantemente falou da necessidade de uma revolução na psique de cada ser humano e enfatizou que tal revolução não poderia ser levada a cabo por nenhuma entidade externa seja religiosa, política ou social. Uma revolução que só poderia ocorrer através do autoconhecimento; bem como da prática correta da meditação ao homem liberto de toda e qualquer forma de autoridade psicológica.

Você é ajustado ou inadequado? Saiba quando o melhor é ser inadequado

Legenda: Horizonte Ampliado

1 COMENTÁRIO

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui